Presidente do Comité 12 Novembro : Jovens Devem Promover Paz E Estabilidade

Fahe Tutan

Naunil Media (Díli), O Presidente do Comité 12 de Novembro, Gregório Saldanha, apelou a todos os jovens que promovessem a paz e estabilidade de modo a contribuírem para o processo de desenvolvimento em Timor-Leste.

O Presidente do Comité 12 de Novembro prestou estas declarações aos jornalistas, no âmbito da cerimónia de comemoração do 29.º Aniversário de 12 de Novembro de 1991, que decorreu no cemitério de Santa Cruz, na semana passada (12/11).

“Eu peço aos jovens que criem unidade, que não abandonem o ensino. Por outro lado, quero que sejam solidários uns com os outros nos seus locais de trabalho, num ambiente de tolerância, porque o futuro de Timor-Leste está nas mãos dos jovens”, disse Gregório Saldanha. 

Gregório insistiu na importância de os jovens criarem paz e estabilidade, como autores do desenvolvimento, de forma a continuarem a defender os heróis da luta nacional.

“Devem refletir sobre a luta dos jovens Lorico Asu-Wainn, jovens que simbolizam a luta, quer durante o tempo do colonialismo português quer durante a luta da organização do Comité Central da Fretilin. Devem também recordar o contributo de Kay Rala Xanana Gusmão no desenvolvimento do país assim como o contributo da Igreja Católica durante a ocupação da Indonésia” afirmou o presidente do Comité 12 de Novembro.

Também Alexandre da Costa ‘Alex Samurai’ fez um apelo à juventude para que mantenha a paz no país, recordando que foi também vítima do 12 de Novembro de 1991.

“Hoje, quero lembrar outra vez a luta dos nossos heróis que morreram pelo nosso país, pelo que os jovens necessitam de criar unidade, paz e amor em Timor-Leste”, afirmou Alexandre da Costa. Dul

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *